Redação integrada: da rua para o site, leitor sempre informado



Tecnologia permite a conexão direta e sem atrasos entre a equipe que fica dentro do jornal e o profissional que colhe as matérias in loco, fora da empresa

Por Marina Diana

Faz parte do cotidiano do jornalista estar sempre bem posicionado para encontrar e reproduzir notícias com agilidade. Isso já é inerente à profissão. Com o advento da internet, os repórteres não precisam mais voltar às redações para criar e escrever uma pauta. Ou seja, não é mais dentro de quatro paredes que se faz jornalismo.

Conectada a essa realidade, a Mundiware, que é uma empresa de tecnologia especializada em sistemas para jornais e no desenvolvimento de soluções sob medida para a otimização das fases de produção, atende seus clientes com excelência nessa seara.

Além de todo gerenciamento da equipe jornalística e organização do conteúdo, o sistema editorial Elite CS permite que os repórteres e fotógrafos enviem o conteúdo direto da rua para o jornal, assim como também uma publicação direta para o portal se assim for permitido.

“A grande vantagem é que o repórter ou fotógrafo recebe uma solicitação a respeito da pauta, informando o que ele tem que cobrir e qual direcionamento deve seguir. Na redação existe a sinalização informando que o conteúdo enviado pelo repórter ou fotógrafo chegou direto da rua, e encontra-se disponível, sem necessidade de ligar ou enviar mensagem avisando. Ou seja, agilidade é a resposta”, afirmou Emmanuel Ferreira, diretor da Mundiware.

Desde o lançamento da nova plataforma, a organização da produção de conteúdo já era uma realidade, segundo ele, o sistema estava disponível a todos os clientes, mas o primeiro a utilizar foi o Jornal da Manhã de Ponta Grossa, no Paraná.

O especialista explica que não há atraso na informação, o chamado “delay”. “É algo em tempo real e só tem a dependência da internet para envio das matérias. A única necessidade é uma boa conexão para envio de fotos, vídeos e áudio, e uma conexão razoável para envio de texto”, salientou Emmanuel Ferreira.

Quando há algum erro no envio do material do repórter que está na rua, o próprio sistema implementado pela Mundiware, se for equívoco tecnológico, informa o motivo ao usuário. Rápido, simples e, sobretudo, sem estresse, já que a vida do repórter por si só já é muito corrida e exaustiva.

E não para por aí. De acordo com o representante da empresa, a equipe da Mundiware tem trabalhado para que esta integração entre redação física e móvel vá além da entrega do material, como o gerenciamento do planejamento da edição que já está disponível. “Isso será implementada ainda nos próximos dias, e faz com que o editor e o diagramador possam planejar as páginas sem estarem no mesmo lugar, facilitando a agilidade da diagramação das páginas”, comentou Ferreira.

Ademais, o profissional que está na rua e o redação são meios distintos de fazer a mesma coisa: informar. “Nosso sistema é tão moderno e ágil que as partes, ou seja, o repórter interno ou externo, são informados em qual estágio está o desenho de cada página da edição, bem como quais matérias irão nelas, fato que, por obvio, agiliza, e muito, o trabalho de fechamento das matérias”, finalizou.


Sobre a Mundiware

Fundada em 1993, no Rio de Janeiro, a Mundiware possui uma expressiva participação no mercado de publicação brasileiro e latino-americano. Há três anos a empresa instalou um escritório em Orlando, nos Estados Unidos. Através da parceria que consegue estabelecer com seus clientes, segue inovando para oferecer sempre um produto de ponta. Conheça os sistemas da Mundiware e abra as portas da sua empresa para o desenvolvimento.




Mais notícias