Era digital: jornal, anunciante e anúncio conectados



Por Marina Diana

Atualmente, quem busca anunciar em um jornal não o faz apenas com interesse na plataforma impressa, mas, sobretudo, busca a audiência estendida do seu anúncio na versão digital, lançando a publicação de forma abrangente nas mídias de multiplataformas.

Para se ter uma ideia, segundo uma pesquisa divulgada em 2014 "Quero Comprar Mercado", publicada em um jornal de grande circulação em Fortaleza (CE), 72% dos leitores de jornais prestam atenção em anúncios publicados no jornal impresso. Quase todos, inclusive, buscam seu anúncio -e outros—na versão digital.

Isso significa que o veículo de comunicação que aposta apenas na versão impressa certamente perde mercado, já que anunciante (e leitor) transitam pela versão online também.

"Criamos o sistema Classic, que executa o controle comercial e classificados, além de gerenciar todo o fluxo desde a venda, precificação, controle de produção de artes e paginação, tanto para classificados quanto para anúncios editoriais", disse Emmanuel Ferreira, diretor da Mundiware, empresa de tecnologia especializada em sistemas para jornais e no desenvolvimento de soluções sob medida para a otimização das fases de produção.

De olho no mercado, a Mundiware está à frente da tecnologia no segmento e, sobretudo, conta com estudos no exterior, já que acompanha as novidades fora do País. O Classic, quando unido ao sistema Elite C.S -exclusivo da empresa, resulta em um completo sistema de gestão, automação e controle de produção editorial. A solução Elite-Classic gerencia de forma transparente para o usuário as publicidades também do editorial, minimizando a possibilidade de erros e agilizando o controle da produção.

"O Elite-Classic aparece em forma de painel no Page onde é informado se para aquela página ou edição aberta tem algum anúncio, se o usuário segue por um local correto, com a arte devida e, inclusive, se a página está com a configuração de cor adequada para aquele anúncio", explicou Ferreira.

Ou seja, redator e leitor encontram na mesma ferramenta, cada qual no seu perfil, claro, as facilidades e agilidades exigidas no mundo digital. O mais importante para as empresas jornalísticas, sobretudo, é a possibilidade de não enfrentar dificuldades com seu anunciante/leitor por meio de equívocos antes manuais.

"Além de agilizar toda a produção das artes e classificados de linha, o Classic impede que erros e transtornos ocorram ao jornal. Isto porque é um sistema que permite ao cliente do jornal um panorama exato de como ficará o anúncio e garante que a publicidade saia da mesma forma da venda. Ou seja, faz uma paginação do impresso de forma concisa e organizada para os anúncios que ficam agrupados tanto por seção, mas, principalmente, em fila por sub tipo.

"Ao procurar um anúncio de carros, o sistema vai organizar todos da marca X em uma seção e em seguida irá organizar de forma alfabética todos anúncios do modelo X (por exemplo, o veículo Gol) seguido dos acessórios. Isso significa que se existirem sete carros da mesma marca, irão aparecer em sequência primeiro os modelos de duas portas, depois quatro portas, e assim sucessivamente", exemplificou o diretor da Mundiware.

Portanto, essa forma de organização facilita a visualização do leitor que, por sua vez também faz a integração com o portal de classificados que já é incluso na plataforma.


Quando usar?

A necessidade de uma empresa de jornalismo adquirir o sistema Classic da Mundiware é imediata. Isso porque se trata de uma das ferramentas mais essenciais à produção e vendas, uma vez que ela envolve o financeiro da empresa.

"Como ele auxilia o gerenciamento de todos os anúncios, gerando relatórios de vendas, controle de contratos, entre outros, é um mecanismo de extrema necessidade dentro de um jornal. E, conforme a necessidade do cliente, o sistema Classic pode ser adquirido em separado dos demais sistemas da Mundiware", comentou Emmanuel Ferreira.

O sistema Classic também faz o arquivo histórico do jornal, que pode, inclusive, republicar ou achar o anúncio pago de forma rápida.

"Esta suíte conta com o módulo do AdWebout que é uma plataforma de anúncios online, no qual o jornal ainda tem tempo de criar um nicho específico de mercado utilizando a força da marca, uma vez que não se mostra vantajoso brigar com grupos de vendas como o OLX. Um exemplo disto é o "zap do Rio", um classificados no qual, apesar da influência do OLX, consegue se manter com os mesmos tipos de anúncios, porém para um público de classes diferentes. Ou seja, com a plataforma Classic o jornal com a força de sua marca é capaz de atingir, em sua região, um público específico que outros veículos de comunicação não conseguem", explicou Ferreira.


Sobre a Mundiware 

Fundada em 1993, no Rio de Janeiro, a Mundiware é uma empresa de tecnologia especializada em sistemas para jornais e no desenvolvimento de soluções sob medida para a otimização das fases de produção. Possui uma expressiva participação no mercado de publicação brasileiro e latino-americano. Há três anos a empresa instalou um escritório em Orlando, nos Estados Unidos.

Por meio da parceria que estabelece com seus clientes, a Mundiware segue inovando para oferecer sempre um produto de ponta. Conheça os sistemas da Mundiware e entre na era do desenvolvimento. 




Mais notícias